quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Projeto paninho amigo




PANINHO MAIS QUE AMIGO



Projeto social beneficiou integrantes de Clube de Mães e associações do município.





A Administração Municipal de Araranguá sempre está buscando estratégias para solucionar problemas de vulnerabilidade social, bem como, realizar projetos que beneficiem o cidadão.



O evento que aconteceu na tarde dessa quarta- feira, no Ciarti, foi um exemplo concreto de que, quando se tem vontade de fazer o bem, as coisas acontecem com sucesso.Prova disso, foi o projeto social “ Paninho Amigo”, parceria entre Administração Municipal por meio da secretaria do Bem Estar Social e Habitação, e empresa de materiais de artesanato Lalua.



O projeto “ Paninho Amigo”, é um trabalho que é destinado para os Clube de Mães, envolvendo capacitação de bordado crivo e bainha aberta em toalha.

Durante um período de quatro meses, este projeto foi desenvolvido em 16 clube de mães do município.Cerca de 300 mães tiveram suas tardes mais divertidas e prósperas. Como parte do projeto, foram distribuídas para cada participante, um kit com o material necessário para que cada mãe desenvolvesse uma técnica de artesanato em oito peças.



O encerramento dos trabalhos resultantes do projeto Paninho Amigo, que aconteceu nessa terça, reuniu todas as participantes desta iniciativa. Com a presença de autoridades como o prefeito Municipal Mariano Mazzuco; Vice – Prefeito, Sandro Maciel; Diretora do Bem Estar Social, Jucélia Costa, bem como representantes da empresa parceira do projeto, Lalua,o evento encerrou com grande comoção.

Na oportunidade, cada participante doou uma peça que produziu, totalizando em 300 panos, cada peça mais bonita que a outra.Bordados com detalhes ricamente caprichosos.Desses 300 panos de louça, 150 foram doados para a ADEAR – Associação de deficientes Físicos de Araranguá, e outros 150 para a Associação de Parkison de Araranguá.



Conforme a Coordenadora do Clube de Mães e idealizadora do projeto, Soir Goulart, além de inonovar os encontros dos clube de mães, o projeto serviu para aumentar a autoestima das participantes e gerar renda. Foi um projeto benéfico, pois as participantes poderão vender suas peças, e as que foram doadas para as duas entidades servirão de instrumento para gerar recurso para essas associações, considera Soir.



A tarde de encerramento do projeto continuou com a apresentação do grupo de danças do Ciarti e sorteio de brindes.

2 comentários:

Badu disse...

Parabéns aos amigos de Araranguá por mais esse evento, vcs continuam Tocando em Frente.
Um forte abraço a todos e um especial para Mcelia.

GRUPO DE APOIO AO PORTADOR DE PK DE ARARANGUÁ disse...

Obrigada pelo carinho a familia Parkinson Tocando em Frente agradece comk muito amor.um abraçãoooooooooooo.Maria Célia