sábado, 13 de fevereiro de 2016

O PORQUE? RESOLVI INTERNAR MINHAS IRMÃS EM UMA CASA DE REPOUSO!

É  realmente muito estressante o cuidar de uma pessoa com Parkinson, devemos saber primeiramente ver tudo com naturalidade e entender que o amor daquele ente querido que um dia cuidou de nós com muito carinho  suplanta qualquer dificuldade.
Eu costumo dizer que tudo "vem na bandeja" quando transferimos o carinho, o cuidado a aquele que precisam da nossa ajuda, que além de ser sua esposa (o), sua irmã (ao), sua mãe ou seu pai, em Cristo são todos nossos irmãos. Gosto muito dos ditados populares, um está banalizado e mal usado "É DANDO QUE SE RECEBE" que coloca a seu dispor  energias benéficas e salutares, quando usado adequadamente.
Passei recentemente por um grande drama de consciência ao internar uma das minhas irmãs, no início do tratamento ela pediu para nunca ser internada, isso ficou gravado como um contrato registrado no tabelião do coração lutei muito e fiz de tudo para que isso nunca viesse a acontecer, algumas dificuldades funcionais,  administrativas e até financeira começaram a me preocupar, aí veio à ideia que talvez fosse melhor internar em uma instituição que pudesse continuar com a mesma qualidade do atendimento domiciliar.
 Comecei a procurar uma instituição séria que poderia me dar esse suporte de bons cuidados, de tratamentos adequados, de atitudes honestas com profissionais de qualidade, foram anos de procura já estava desistindo quando uma amiga da minha esposa confidenciou que conhecia uma instituição que tinha o que procurava, a princípio achei que seria mais uma em um grande palheiro, fui visitar e ai as energias benéficas e salutares começaram a atuar, como falei anteriormente as "dificuldades"  começaram a pipocar e me obrigaram a identificar  as saídas certas, as "verdades verdadeiras" sem os condicionamentos do ouvi dizer, aqui cabe outro ditado popularizado em uma das novelas da Globo "tudo que acontece de ruim é para melhor" da novela “ETA MUNDO BOM”, eu completaria "DEUS ESCREVE CERTO POR LINHAS TORTAS", mas é  preciso estar devidamente preparado para saber receber as ideias verdadeiras e fazer fluírem ao lugar certo, encontrei  a CASA DE REPOUSO DAS IRMÃS DE SÃO CAMILO, poderia afirmar foi sorte, não foi DEUS e meu anjo da guarda me intuindo, comecei internando minha irmã com Alzheimer para poder avaliar melhor os atendimentos e internar posteriormente minha irmã com Parkinson, ela foi internada no último  sábado de carnaval.
Sei que cada caso é  um caso diferente, mas venho aqui dar esse depoimento com a alma lavada, mas continuarei, observando fiscalizando e tentando fazer o melhor.
Espero de alguma forma ter ajudado os amigos e irmãos a encontrar uma saída  no fundo do túnel.
Abraços fraternos,
Badu 

Nenhum comentário: